Eu não governo o estado de Rivers no meu colo - Fubara Cow

Governador Siminai Fubara

O governador Siminalai Fubara, do estado de Rivers, declarou que não governará o estado de joelhos e continuará a defender a verdade.

Ele afirmou que governará apenas com orgulho e defenderá o que é certo para o povo.

O governador disse isso no sábado, na casa de campo de Sir Celestine Omehia, na comunidade de Ubima, área do governo local de Ikwerre, no estado de Rivers.

Fubara esteve em Ubima com alguns anciãos do estado para prestar homenagem ao Sr. Omehia, que acabara de sepultar a sua falecida mãe, Ezinne Cecilia Omehia, após 95 anos.

Ele lamentou que os seus oponentes políticos estejam actualmente envolvidos numa batalha feroz para destruir a vida do Estado, acrescentando que apenas pessoas bem-intencionadas que estão ao seu lado podem usar o poder da unidade para salvá-lo.

Ele disse: “Não quero, repito, não vou governar nosso querido estado de joelhos (nem). Se esse fosse o objetivo, eu não faria isso. Defendo a governação do nosso querido país e estou sempre do lado certo.

“Mas a política amarga não nos levará a lugar nenhum. Então, quero agradecer que, nesta fase, temos alguns de vocês que percebem que o Estado de Rivers pertence a cada um de nós. Portanto, devemos lutar juntos para preservar o espírito deste Estado”.

Fubara, através de uma declaração do seu Assessor de Imprensa, Nelson Chukwudi, disse que a visita foi uma demonstração de amor e apoio ao Sr. Omehia, que quando filho desempenhou satisfatoriamente a tarefa de dar à sua mãe um enterro digno.

“Eu vim aqui com alguns de nós; Anciãos muito respeitados do estado vieram e apoiaram você e disseram que “estamos tristes com você”.

“O mais importante é mostrar nosso carinho e amor. Qualquer pessoa que seja hostil à morte nem sequer é normal.

“Estamos felizes com você porque a vida da mãe dela foi boa. Desejamos muita saúde à mãe. Deixe-o ficar seguro onde ele foi”, disse ele.